Como começar e quais os primeiros passos para empreender?

Um estudo divulgado pelo SEBRAE mostra que o empreendedorismo no Brasil continua crescendo, no entanto, os pesquisadores ressaltam que essa demanda tem muito a ver com a crise econômica do País. Isso pode representar um grande risco quando não há um planejamento eficiente e análise de mercado.

empreendedor precisa avaliar se a sua idéia tem futuro, digamos que esse procedimento é o empurrão inicial. Se você teve um insight de negócio e através das pesquisas percebeu que o seu projeto tem potencial é hora de colocá-lo em prática.

6 Passos de como montar o seu negócio do zero

Os primeiros passos no empreendedorismo não são fáceis, exige uma grande dedicação do empreendedor, entretanto, uma longa caminhada começa com o primeiro passo, não é mesmo? Confira algumas dicas importantes.

1º – Conheça suas características como empreendedor

Esse é o passo essencial do empreendedorismo, é onde você vai definir o seu ramo de negócios entre tantas opções existentes. É importante conhecer o seu perfil de empreendedor, ou seja, suas motivações, pois a empresa certamente vai seguir os mesmos ideais.

Existe diversos tipos de empreendedor, os principais são o nato, idealista e o herdeiro. É preciso ter autoconfiança, capacidade de planejar, iniciativa, liderança e perseverança. É a partir daí que você vai definir o estilo de negócio, não importa se você optar em vender produtos ou prestar algum tipo de serviço.

Os especialistas recomendam abrir um negócio mediante suas habilidades pessoais, portanto, se você tem familiariadade com algum produto ou serviço as chances de dar certo são muito maiores.

2- Crie um nome para o seu negócio

empreendedorismo é feito de boas idéias, por isso, você deve destinar um bom tempo na escolha do nome para a sua empresa. Mas, não é tão simples, se você pretende registrar a marca, deve consultar no INPI se já existe outro estabelecimento com esse nome.

Pode começar pela pesquisa de domínios na internet e na Junta comercial da sua cidade.

3- Elabore um plano de negócios

O Business Plan é o processo mais longo do empreendedorismo. O plano de negócios é a validação das idéias, nele serão detalhados todos os objetivos e estratégias para fazer a empresa prosperar. Em resumo, é um documento essencial para guiar a gestão empresarial.

Todo o empreendedor pode buscar ajuda no SEBRAE para elaboração do plano de negócios. A instituição possui consultoria especializada e também oferece cursos para construir um planejamento eficiente.

4- Encontre um escritório contábil de confiança

Sua empresa precisa de uma assessoria para cuidar de toda a parte burocrática do negócio como: Levantamento, validação e abertura de empresa. O escritório de contabilidade vai ajudar em diversos assuntos como:

  • Elaboração de contrato social
  • Registro na Junta comercial
  • Obtenção do CNPJ
  • Alvará de funcionamento
  • Obtenção da Inscrição Estadual
  • Registro na previdência
  • Autorização para emissão de notas fiscais

Isso tudo para a abertura do negócio, depois que a empresa estiver em andamento a assessoria contábilemite guias de impostos, realiza balanços e demais burocracias documentais.

5- Planejamento financeiro é essencial para a saúde do negócio

Se você chegou até aqui é porque está fazendo todos os passos corretamente. O empreendedorismoexige paciência e persistência, isso em qualquer segmento do mercado.

Para gerenciar suas finanças, busque um programa de gestão financeira. Existem muitos no mercado que vão ajudar a controlar de forma eficiente os seus recursos.

6- O Marketing não pode ficar de fora

Agora que está tudo pronto, é importante criar ações de marketing para divulgar o seu negócio ao mercado. Pesquise bastante para identificar o melhor canal de alcance para o seu público alvo que podem ser panfletos, redes sociais, Google, entre outros.

FONTE: Senhor Contábil